Segurança é conduzido para delegacia por importunação sexual

Por

Um homem de 45 anos foi conduzido à delegacia na madrugada desta segunda-feira (21), por importunação sexual, no bairro Centro Norte, na capital.

Uma equipe da 21ª Companhia Centro foi acionada pela gerencia de um hotel, localizado na Avenida Isaac Povoas. No local, o chefe da segurança do estabelecimento relatou que uma colega, que também é segurança, mas contratada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Comenbol) disse ter sofrido assédio e importunação sexual por um segurança da delegação do time do Uruguai.

A vítima contou aos policiais que às 22h estava no segundo andar do hotel, quando o suspeito a cumprimentou. Logo em seguida, passou a ser assediada por ele. Em uma das ocasiões, ele perguntou que horário saia, quanto ganhava, pediu um beijo e colocou uma nota de $ 10  no banco que sentava. Ela recusou, mas ele colocou outra nota $ 10 no jaleco do seu bolso.

Toda situação foi acompanhada pela equipe de segurança do hotel, via imagens das câmeras. Ao notar que o suspeito segurava no braço da vítima, um dos seguranças foi até o local intervir, mas o suspeito já tinha saído.

Todo ocorrido foi explicado para o gerente do hotel e a necessidade de acompanhar os policiais até o quarto do denunciado. Na conversa, o homem negou a denúncia e foi conduzido  à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher.

Você pode gostar