Secretaria de Ordem Pública reforça fiscalização na Praça Popular

Por

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Ordem Pública (Sorp), aderiu a blitz ‘Consciência Já’ idealizada pela  Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A ideia é conscientizar os frequentadores de bares, restaurantes e similares da importância do cumprimento das medidas de biossegurança e ainda,  para orientar os clientes evitem ficar em pé conversando, respeitar o distanciamento, não juntar as mesas, usar máscara ao  se levantar, evitar o cumprimento com beijo e abraço e pedir a saideira mais cedo para respeitar o decreto que orienta os estabelecimentos a fecharem às 22h. Conforme o Decreto 8.392/2021, Cuiabá mantém a restrição a circulação de pessoas (toque de recolher) das 23h  às 5h até o próximo dia 2 de maio.

O secretário de Ordem Pública, Leovaldo Sales, reforça que a  Prefeitura de Cuiabá, a pedido do prefeito Emanuel Pinheiro, irá ampliar as fiscalizações na região central, principalmente na  Praça Popular. Ele disse que a ideia é conscientizar os frequentadores dos bares e restaurantes e os proprietários dos estabelecimentos. “A parceria é extremamente salutar. Qualquer ajuda que tivermos desta área da fiscalização para fazermos a contenção da disseminação do vírus  e fortalecer os cumprimentos das medidas de biossegurança, isso vem como uma fórmula  para solucionarmos o problema.  O que precisamos fazer é isso que a Abrasel está fazendo, todos devem ter ciência que cada um é responsável pela saúde”, comentou.
Já o secretário de Turismo, Oscarlino Alves, cita que o setor do turismo  envolve o setor de alimentação e ambos caminham juntos. Para ele, agora, com a vacinação sendo aplicada na população, será possível retornar gradativamente o setor. “O prefeito está sensibilizado, o setor é muito  organizado e temos reivindicações pontuais do setor produtivo,  alimentação, hotelaria e estamos estudando  cada um para atendê-los”, disse.
A presidente da Abrasel, em Cuiabá, Lorena Bezerra, lembra que o setor passou um 2020 complicado, colecionando prejuizos. “A reunião é um pedido de socorro à população, aos governantes e a todos. Essa conquista de estar aberto é  uma conquista, os empresários clamaram há tempos por isso. Estaremos fazendo blitz orientativa  junto com  a Sorp e Polícia Militar com intuito de conscientizar a população quanto a importância de respeitarmos as medidas de biossegurança”, comentou a representante da Associação.
Representando o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Mato Grosso – (SHRBS – MT),  Luis Carlos Oliveira Nigro cita que os  “bons não podem pagar pelos maus”.  “Alguns  ainda não respeitam as medidas de biossegurança  e os bons pagam por isso. E agora, vamos trabalhar em conjunto e aplicar o “Consciência Já” para que possamos orientar  essas as pessoas”, ressaltou.
Também participaram  da reunião:  presidente do Sindicato dos Empregados com Bares, Restaurantes e Similares (Sidecombares), Jomer Lauro de Arruda,  deputado estadual, Carlos Avalone, assessoria jurídica do SHRBS – MT Cláudia Aquino, secretário  de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Alberto Machado, o Beto Dois a Um e o da  Vigilância Sanitária de Várzea Grande,  coronel da PM Alessandro Ferreira da Silva.

Você pode gostar