Presidente do Indea é exonerado, após ser flagrado fazendo sexo em gabinete

Por

A exoneração do presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea/MT), Luiz Fernando da Silva Flamínio, na última quarta-feira (27), teria sido motivada pelo gestor ter sido flagrado fazendo sexo em seu gabinete com sua amante.

Oficialmente, a assessoria do órgão garantiu que a saída de Luiz Fernando segue motivação pessoal. Inclusive, no Diário Oficial, a exoneração consta como “a pedido’. Contudo, nos corredores do Instituto, os servidores comentam que o ex-presidente foi pego fazendo atos libidinosos em seu local de trabalho.

Inclusive, o ato teria sido registrado pelas câmeras do Indea. O vídeo ainda não foi divulgado, porém, no momento, está sendo mais esperado do que o da reunião ministerial do presidente Bolsonaro (sem partido), que causou burburinho por todo país.

O comentário é que o ex-gestor teria voltado a trabalhar no gabinete do deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM), onde atuou como chefe de gabinete. Contudo, a assessoria do parlamentar não confirmou a informação.

Muvuca Popular

Você pode gostar