Polícia Civil presenteia vítimas no mês de Combate ao Abuso Sexual Infantil

Por

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil, celebrado no próximo dia 18, será lembrado de uma maneira diferente, durante todo o mês de maio, em trabalho integrado da Polícia Civil de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá), Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica, Defensoria Pública e Assistência Social do município.

Devido ao período de isolamento social em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), as ações realizadas todos os anos pela Delegacia Especializada Defesa da Mulher (DEDM), como caminhadas e palestras em escolas e outros ambientes, não poderão ser realizadas para evitar aglomerações.

Pensando nisso e acreditando que uma data tão importante não poderia passar em branco, a equipe da DEDM de Barra do Garças desenvolveu kits que serão entregues para crianças vítimas de violência sexual que comparecerem à unidade  durante todo o mês de maio.

Segundo a presidente da Rede de Frente, investigadora, Andreia Guirra, os kits contendo caderno, lápis de cor, garrafinha squeeze, guloseimas e outras lembrancinhas serão distribuídos para todas as crianças que passarem pela DEDM e também na 1ª Delegacia de Polícia de Barra do Garças (onde é realizado o atendimento de vítimas menores de idade, do sexo masculino).

A entrega será realizada pela equipe multiprofissional de psicólogas e assistentes sociais da Delegacia da Mulher, uma vez que todas as vítimas, menino ou menina, passam pelo atendimento psicossocial na unidade.

“É uma oportunidade de abordar o assunto com as crianças de forma lúdica, uma vez que este ano, não poderemos fazer todo o trabalho de costumamos fazer em celebração a data. É preciso lembrar principalmente durante essa época de isolamento social, que na maior parte dos casos esse tipo de abuso acontece dentro de casa, ou nas proximidades, com pessoas geralmente do convívio social da criança”, disse a investigadora.

Andreia destacou ainda que mesmo durante esse período de pandemia a Delegacia da Mulher de Barra do Garças nunca parou e o combate ao abuso sexual infantil continua no município e região. “É um assunto muito importante que merece atenção, demonstrando a sociedade que os trabalhos de combate a violência sexual contra crianças e adolescentes não para nunca, em todos os setores em especial na Polícia Civil’, concluiu Andreia Guirra.

Coronavírus e violência doméstica

A Polícia Civil de Barra do Garças em parceria com a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, através da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher (Rede de Frente) e Lojas Tribus/Loft 11, também está atuando na Campanha Corrente do Bem Contra o Coronavírus e a Violência Doméstica.

A ação visa beneficiar mulheres vítimas de violência doméstica durante o período da pandemia do Covid-19.

Desde o dia 28 de abril, todas as mulheres que procurarem a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Barra do Garças para oferecer denúncia sobre violência doméstica recebem um kit de higienização pessoal contendo duas máscaras laváveis, álcool 70%, sabonetes e papel toalha, e as explicações de como fazer assepsia corretamente.

Além do kit de higienização, as vítimas com dificuldades econômico-financeiras, ou seja em situação de extrema vulnerabilidade, passarão por avaliação da equipe multiprofissional da delegacia, e serão beneficiadas com uma cesta básica.

Você pode gostar