Polícia Civil prende homem que se recusava sair da casa de ex-companheira

Por

Um homem que se recusava a sair de casa e se afastar da ex-mulher, conforme determinação judicial imposta pelas medidas protetivas de urgência, foi preso pela Polícia Civil de Nova Olímpia em ação realizada na tarde de terça-feira (13.04).

O agressor tem várias passagens por Maria da Penha, praticados contra a ex-companheira e insistia e permanecer morando no mesmo ambiente que ela. Após a Polícia Civil tomar conhecimento dos fatos, as policiais civis da Delegacia de Nova Olímpia iniciaram as diligências pra verificar como estava a situação da vítima.

Depois de algumas tentativas, as investigadoras conseguiram falar com a vítima e na ligação telefônica foi possível ouvir o agressor discutindo com ela. Diante da situação, as policiais foram até o local e após o suspeito se negar a acompanhá-las de forma pacífica, foi dada voz de prisão e algemado, que foi conduzido para a delegacia.

Antes de ser retirado do local, o suspeito ainda ameaçou novamente a vítima na frente das investigadoras, e tentou resistir a prisão. O agressor estava sem máscara e somente após as policiais notarem que ele tossia, descobriram que o cidadão estava com sintomas de covid e faria um exame para a confirmação da doença nesta quarta feira (14/04).

O suspeito admitiu ter conhecimento que não poderia estar na rua e da importância do uso da máscara. Após passar por atendimento médico na unidade mista foi encaminhado para a Cadeia Pública de barra do Bugres.

 

Você pode gostar