Paulo Araújo propõe proibir nome de consumidores nos cadastros e serviços de proteção ao crédito

Por

O deputado estadual Paulo Araújo (PP) apresentou projeto de lei que dispõe acerca da proibição do nome de consumidores nos cadastros e

serviços de proteção ao credito enquanto persistir a necessidade de isolamento social, para combater a pandemia provocada pelo Coronavírus.
“A intenção é manter o acesso ao crédito enquanto persistir a necessidade de isolamento. Tal medida é amplamente necessária nesse momento, tendo em vista que muitos trabalhadores tiveram sua renda comprometida e estão passando por dificuldades financeiras por conta da política de isolamento social, que consequentemente prejudica a renda dos trabalhadores”, Paulo Araújo.

Conforme consta na matéria o disposto no art. 1º desta legislação, não impedirá a cobrança das dívidas eventualmente existentes de forma judicial ou administrativa. A Lei entrará em vigor na data da sua publicação, com vigência enquanto perdurar o Plano de Contingência Estadual para Infecção Humana pelo Novo Covid-19.

DICAS DE PREVENÇÃO

Para evitar a proliferação do vírus, de acordo com o Ministério da Saúde é recomendado medidas básicas de higiene, como lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las.

Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas, etc. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para o uso da água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para nove partes de água) para desinfetar superfícies.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal é outra medida de prevenção importante. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo.

Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Fonte: ASSESSORIA

Você pode gostar