Pastor que classificou coronavírus como histeria morre infectado

Por

Apoiador do presidente dos Estados Unidos Donald trump, o pastor e músico gospel Landon Spradlin, de 66 anos, morreu em decorrência do novo coronavírus. As informações são do site Raw Story.

Landon Spradlin foi uma das primeiras vítimas no estado da Virgínia, nos EUA. Ele contraiu o vírus durante uma viagem a Nova Orleans.

Em 13 de março, Spradlin compartilhou um meme enganoso e sugeriu que a mídia está usando a pandemia do no coronavirus para derrubar Trump. “Histeria em massa”, escreveu.

Além disso, replicou um post que contava a história de um missionário que teria se protegido da peste bubônica com o “Espírito de Deus”.

Você pode gostar