Mulher aplica golpe do seguro em Várzea Grande

Por

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande, realizou na tarde de segunda-feira (08.02) a prisão em flagrante de uma mulher, de 43 anos, por falsa comunicação de crime. A suspeita foi descoberta durante diligências investigativas para esclarecer a ocorrência de um roubo de celular que não aconteceu.

No dia 23 de dezembro do ano passado, a mulher se passando como vítima procurou a Derf Várzea Grande, para registrar o roubo. A comunicante informou que estava em um ponto de ônibus nas proximidades do cemitério no bairro Água Limpa, quando foi abordada por indivíduos que anunciaram o assalto.

Na ocasião, a vítima narrou que um dos suspeitos efetuou a subtração do seu aparelho celular da marca Motorola. Após a confecção do boletim de natureza roubo, os investigadores passaram a apurar os fatos, e constataram que na realidade o celular havia sido habilitado no número do filho da vítima, bem como o suposto objeto não havia sido roubado.

Os indícios apontaram que a intenção era a tentativa de acionar o seguro. No decorrer das investigações a mulher foi localizada pelos policiais civis e conduzida até a delegacia para prestar esclarecimentos, onde em depoimento  acabou confessando o cometimento de falsa comunicação de crime.

Conforme o delegado da Derf Várzea Grande, André Rigonato, após interrogatório a suspeita foi autuada por falsa comunicação de crime. “Depois de assumir o compromisso de comparecimento ao Juizado Especial Criminal ela foi liberada, uma vez que não acionou o seguro, assim não praticando o crime de estelionato pretendido”, disse o delegado.

Você pode gostar