Juninho Pernambuco oferece ajuda a morador de rua agredido em MT

Por

O ex-jogador Juninho Pernambucano repudiou  a agressão sofrida por um homem que pedia comida na rua em Mato Grosso e decidiu ajudá-lo. A vítima, identificada como Anderson, levou um tapa no rosto de um passageiro de um carro que fingiu querer fazer uma doação.

De acordo Juninho, o professor de processo penal e advogado Rogério Pereira se ofereceu para abrir um processo contra os agressores de Anderson. Além da ajuda jurídica, o ex-jogador se comprometeu em arcar com os custos de um tratamento em uma clínica especializada em dependência química.

“Estamos enviando hoje, o Anderson, com seu consentimento, para uma clínica especializada em dependência química, onde ele ficará no mínimo três meses. A família do Anderson só falou coisas boas dele. E sabe que ele precisa de ajuda”, escreveu o jogador por meio do Twitter. “Quanto a agressão sofrida, será muito, mas muito mais difícil, esquecê-la, que se libertar do vício, depois da tortura (imensurável, inexplicável), a humilhação é a pior agressão feita ao ser humano, ela agride muito mais que o tapa em si”, comentou Juninho. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do Mato Grosso.

 

Fonte: IstoÉ

Você pode gostar