Juiz arquiva inquéritos contra Vereadores de Cuiabá

Por

Duas investigações instauradas contra os vereadores por Cuiabá, Adevair Cabral (PTB) e Dídimo da Silva Rodrigues, o Dídimo Vovô (PSB) foram arquivadas pela Justiça Eleitoral .

Os vereadores estavam sendo acusados de supostos crimes relacionados ao pleito de 2020

Contra Adevair Cabral, foi instaurada uma notícia de fato instaurada para apurar denúncia de compra de votos (artigo 299 do Código Eleitoral), crime supostamente cometido no primeiro turno das eleições municipais de 2020.

No caso do novato Didimo Vovô  a acusação era de crimes contra o sigilo ou o exercício do voto, ou seja, a coação de eleitores visando obtenção de voto ou sua abstenção. A notícia-crime contra ele também foi feita pelo Ministério Público Eleitoral.

Ambos os casos foram arquivados por falta de provas eleitoral.

Você pode gostar