Jornalista morre após atirar na ex e contra a própria cabeça

Por

O jornalista José Marcondes dos Santos Neto, conhecido pelo apelido de Muvuca, morreu na manhã desta segunda-feira (28). Ele atirou na ex-namorada Nadia Mendes Vilela e, em seguida, tentou contra a própria vida em um comércio na cidade de Tangará da Serra (242 km de Cuiabá).

Segundo informações preliminares, Muvuca teria ido ao local onde à farmácia onde Nàdia estava e atirou duas vezes contra a empresária. Em seguida, o jornalista atirou contra a própria cabeça.

A vítima foi encaminhada para um hospital particular no município, onde foi submetida a cirurgia para tirar duas cápsulas que estariam alojadas em seu corpo. Um tiro acertou o olho de Nadia e outro tiro foi acertado no peito da vítima.

Já Muvuca foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tangará da Serra. Ele perdeu massa encefálica, chegou ainda com vida à unidade de saúde, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

As investigações preliminares apontam para um crime passional. Segundo informações de um policial que atendeu o caso, Muvuca não aceitava o término do relacionamento com Nadia e foi tirar satisfações.

A equipe do 19º batalhão da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, disse que a cena do crime foi preservada e que a única coisa que foi realizada foi a remoção das vítimas para as unidades hospitalares.

Você pode gostar