Homens são presos por roubos de veículos na região metropolitana da Capital

Por

Três mandados de prisões decretados contra dois suspeitos de cometer diversos roubos de veículos, em Cuiabá e Várzea Grande, foram cumpridos pela Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

As diligências foram realizadas pelos policiais civis na terça-feira e quarta-feira para cumprir as ordens judiciais  decretadas contra autores de crimes de roubo de veículos e crimes tentados contra a vida.

O primeiro investigado, de 41 anos, estava com duas ordens de prisões deferidas, sendo uma prisão temporária expedida pela 6ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá e outra prisão expedida conforme processo que tramita no Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso.

O suspeito foi identificado pela Derrfva como responsável por roubos de veículos, tendo como alvo principal motoristas de aplicativo que trabalham na região do Grande CPA, na capital.

Ele responde a inquéritos na delegacia especializada e em um dos crimes cometidos o homem tentou contra vida da vítima, efetuando vários golpes de faca e a deixando gravemente ferida. As investigações apontam que a principal característica do suspeito é o meio empregado para praticar os roubos, utilizando sempre uma faca.

O suspeito foi localizado e preso pelos policiais civis em uma residência no bairro Nova Esperança, em Cuiabá. Em seguida ele foi conduzido até a Derrfva para providências cabíveis e, posteriormente, colocado à disposição da Justiça.

Já o terceiro mandado de prisão foi cumprido contra um homem que encontra-se na Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande, aguardando audiência de custódia, após ser preso em flagrante pela Derrfva no dia 10 de junho por roubo majorado e associação criminosa.

Nessa ocasião, o criminoso foi preso na companhia de outros três homens com armas de fogo. Como já vinha sendo investigado pela Polícia Civil por roubo de veículos em Várzea Grande, foi representado pela prisão e na quarta-feira (17.06) foi expedido um mandado de prisão em seu desfavor. Os policiais da Derrfva foram à unidade prisional do Capão, onde o preso foi comunicado do mandado de prisão.

Você pode gostar