Homem tenta subornar policiais após esfaquear irmão

Por

Um homem identificado como Vagno Sabino da Silva, conhecido como “Careca”, de 34 anos, esfaqueou o irmão e o gerente da balsa em que trabalhava, no Rio Peixoto, em Peixoto de Azevedo (674 km da Capital). O caso ocorreu no sábado (14) e o agressor foi preso.

De acordo com a Polícia Militar, o dono da balsa foi quem acionou a PM. Os policiais precisaram usar um barco velho, que estava no local, para se aproximar da balsa, onde o homem em ‘surto’ afirmava, que era para ter matado todo “mundo”, e ainda ameaçava que se alguém se aproximasse dele e das vítimas iria cortar todos em pedaços.

Os militares então tentaram conversar com o bandido para salvar as vítimas, que em seguida foram liberadas.

Conforme a PM, o irmão de “Careca” foi atingido com um golpe de facão na mão. A outra vítima foi esfaqueada no ombro esquerdo e acabou sendo encaminhada para a unidade de saúde desacordada, devido a perda de sangue. As informações apontam que a vítima corre risco de morrer.

Após o resgate, os militares passaram a verbalizar novamente com Vagno, que reagiu tentando atacá-los, sendo necessário efetuar disparos para dispersá-lo.

Em seguida, o homem pulou da balsa e tentou fugir pela mata. Com o auxílio do barco, os militares iniciaram as buscas e o dono da balsa apareceu no local com a mãe do acusado, para auxiliar em uma possível negociação, para que o bandido se entregasse.

Cerca de cinco horas depois em meio à negociação, junto à mãe, os militares prenderam o criminoso e o encaminharam para a delegacia de polícia.

Fonte: REPÓRTER MT

Você pode gostar