Governador articula para incluir profissionais da segurança pública em grupo prioritário de vacinação

Por

O governador Mauro Mendes está articulando junto ao Ministério da Saúde a inclusão de todos os profissionais da segurança pública no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.

Caso o pleito não seja atendido, uma resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-MT) deverá incluir profissionais das Polícias Militar, Civil e Penal nos grupos a serem imunizados contra o novo coronavírus.

“Porque acho justo e legítimo que todos os profissionais da segurança pública recebam a vacina. São eles que também estão na linha de frente todos os dias cuidando da população e dando combate às aglomerações e a imunização é necessária para que continuem prestando serviço à sociedade mato-grossense”, afirmou o governador.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 334.360 doses de imunizantes contra a Covid-19. Parte das vacinas foi utilizada para imunizar os profissionais da saúde de unidades estaduais e o restante foi distribuído aos 141 municípios, conforme acordado pela CIB.

Você pode gostar