Estelionatário acusado de dar golpe em delegado e mais 30 pessoas é preso em MT

Por

Um estelionatário de 24 anos foi preso por investigadores da Derf (Delegacia Especialidade de Roubos e Furtos) no bairro São Sebastião, em Rondonópolis (219 quilômetros de Cuiabá). O rapaz chegou a fazer um delegado como vítima.

Segundo a Polícia Civil, o golpista é suspeito de fazer mais de 30 vítimas por todo o país. Ele utilizava dados pessoais de terceiros para realizar comprar na internet e depois vendia os produtos de forma ‘lícita’ com nota fiscal.

Com o criminoso, foram apreendidos celulares, ferramentas, aparelhos de som e cerca de R$ 5 mil em dinheiro, uma motocicleta de alta cilindrada e um veículo. De modelo Gol, de cor branca.

Segundo o delegado que acompanha o caso, após 10 dias de monitoramento foi constatado que ele adquiria pacote de dados de vítimas e a partir daí realizava compras de diversos produtos que eram entregues ao criminoso, que posteriormente revendia a terceiros. A audácia era tanta que o jovem até apresentava as notas ficais dos produtos.

Aos policiais, o estelionatário relatou que conseguia esses dados com “hacker’s”, os conhecidos piratas da inernet, em uma plataforma da Deepweb. Ele recebia cartões de créditos prontos para serem usados em lojas e aplicativos de compras.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia e segue a disposição da justiça.

Você pode gostar