Enfermeiro estupra paciente dentro de hospital em Cuiabá

Por

Uma mulher de 45 anos foi estuprada por um enfermeiro dentro da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HMC (Hospital Municipal de Cuiabá) na madrugada de domingo (18). A mulher teria se dado conta do abuso quando acordou com o ânus sangrando e  uma secreção na vagina, semelhante a sêmen.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a mulher comunicou o médico do plantão sobre os fatos ocorridos e ele acionou a Polícia Militar (PM).

Ao chegar no local, os policiais escutaram o relato da paciente e foi registrada a ocorrência.

No momento do crime, cinco técnicos e dois enfermeiros estavam de serviço. Foi possível identificar o estuprador, pois apenas um da equipe estaria na UTI no momento em que a mulher foi estuprada.

O caso é investigado pela Deem (Delegacia Especializada de Defesa da Mulher). A assessoria do HMC se pronunciou sobre o caso através de uma nota e informou que a polícia foi chamada imediatamente e que estão dispostos a cooperar nas investigações.

Todos os enfermeiros que estavam no momento do crime foram afastados pelo hospital.

Você pode gostar