Empresário conhecido por ostentar dinheiro e itens de luxo é preso em Cuiabá

Por

O empresário de Várzea Grande, Ezequiel Padilha de Souza Ferreira, de 26 anos, conhecido nas redes sociais por gravar vídeos ostentando dinheiro e itens de luxo, foi preso na noite desta quinta-feira (3) no bairro Jardim das Palmeiras, em Cuiabá.

De acordo com o registro da ocorrência, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de que Padilha, que tinha um mandado de prisão em aberto expedito pela justiça, estava no espaço festa de um condomínio na região do bairro Jardim das Palmeiras. Diante da informação, os policiais foram até o local e encontraram o acusado.

Ao ver a aproximação da guarnição, ele teria tentado fugir, mas foi abordado e detido pelos militares. Durante a tentativa de fuga, Padilha dispensou a chave de um veículo, um cigarro de substância análoga à maconha, um cartão e um celular.

Os policiais realizaram busca pessoal e durante a checagem foi constatado um mandado de prisão em seu desfavor expedido pela Segunda Vara Criminal de Cuiabá. Neste momento, em entrevista foi indagado qual seria o apartamento em que estava residindo e ele disse que a chave do apartamento estaria em seu veículo.

Antes de abrir o carro, ele também disse aos policias que teria a quantia de R$ 210 na porta do veículo. A PM pegou a chave do imóvel e foi até o apartamento. No local, foi localizado um cordão com pingente de ouro, uma folha de papel A4 com impressão CNH em nome de terceiros e sem foto, duas folhas de papel com impressão de RGs falsos, uma cédula de RG falsa, 37 folhas de papel aparentando ser papel moeda, um computador e todos os acessórios, além de uma impressora.

Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá para providências cabíveis. Durante a checagem foi constatado que Padilha rompeu a tornozeleira eletrônica que deveria estar usando. Ao ser indagado, ele disse ter jogado fora e que não recorda o local.

Ele foi autuado por uso ilícito de drogas, prisão por mandado e falsificação de documento público. O caso será investigado pela Polícia Civil.

OUTRAS PRISÕES

Ezequiel Padilha é um velho  conhecido da polícia. Tem diversas passagens e é conhecido por ostentar itens de luxo, sem origem comprovada, na internet.

No dia 1° de maio Padilha foi detido após ser flagrado com um drone e três celulares que seriam arremessados para o interior do Presidio Central do Estado.

Padilha, que foi condenado a mais de 10 anos de reclusão sob acusação de suposta prática do crime de homicídio qualificado, em Várzea Grande, havia sido beneficiado com progressão do regime fechado para o semiaberto no último dia 3 de março. Ele era monitorado por tornozeleira eletrônica.

Você pode gostar