Detento comenta live de Marília Mendonça e tem celular apreendido

Por

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) de Goiás apreendeu o celular de um detento que, durante live da cantora Marília Mendonça na última quarta-feira (08/04), comentou “Salve do Presídio do Recanto do Sol Anápolis-GO”.

Ao G1 Goiás, a DGAP informou que abriu um procedimento de investigação e que realiza diariamente “procedimentos de revista estrutural em todas as unidades do sistema prisional goiano, por determinação do Governo do Estado”.

Transmitida pelo YouTube, a live de Marília Mendonça bateu meta de público, sendo assistida por mais de 3,2 milhões de pessoas e batendo o recorde anterior, da dupla Jorge e Matheus.

Você pode gostar