Cliente espanca funcionária após ser advertido para usar máscara

Por

A funcionária de uma padaria de Palmares Paulista, no estado de São Paulo ficou com um braço quebrado depois de ter pedido a um cliente que usasse a máscara de proteção contra a Covid-19 dentro do estabelecimento.

 Segundo o relato da vítima, Adriana Araújo da Silva, ao G1, o cliente, de 45 anos, chegou à padaria na última sexta-feira com a máscara pelo queixo e ficou nervoso depois de ser advertido para usar o equipamento de forma correta e acabou por invadir a área destinada aos funcionários.

Adriana conseguiu correr, mas foi seguida e agredida com uma rasteira e um pontapé num dos braços. Depois disso, conseguiu fugir até outra padaria, onde o homem a agrediu com uma joelhada no rosto e também bateu no dono do estabelecimento.

Os clientes que testemunharam o incidente ficaram revoltados e agrediram o cliente, tendo ainda chamado a Polícia Militar.

A vítima foi socorrida e encaminhada para um hospital de Catanduva, onde foi submetida a uma cirurgia, devido à fratura que apresentava num dos braços. Recebeu alta no domingo.

Segundo o boletim de ocorrência, o agressor recebeu tratamento médico e foi levado para a delegacia. As equipes médicas precisaram usar medicação para acalmar o agressor. O homem foi libertado na presença do advogado, mas não prestou depoimentos.

Você pode gostar