Cinco são presos por ajudar na fuga de assassinos de PM

Por

Cinco homens foram presos na madrugada desta terça-feira (27) em Nossa Senhora do Livramento, pela acusação de auxiliar na fuga dos dois agressores que espancaram até a morte o policial militar Roberto Rodrigues de Souza. O crime foi cometido na madrugada de segunda-feira (26) em uma distribuidora de Várzea Grande, após um desentendimento.

As equipes do 4º Batalhão receberam a informação de que os autores do crime fugiram para o Município e se esconderam no Hipódromo Francisco Correa de Almeida.

No local havia diversos conhecidos dos dois homens, que teriam ajudado a escondê-los.

Nos fundos de uma residência abandonada foi localizado um Gol verde, que teria sido utilizado na fuga. Os policiais se aproximaram e dois dos suspeitos apresentaram bastante nervosismo, indicando uma terceira pessoa para responder os questionamentos. Ali foi encontrado o documento de um dos suspeitos pelo assassinato do PM. Além disso, a chave do Gol utilizado na fuga também estava na propriedade.

Segundo os policiais, dois homens providenciaram uma moto para que os agressores do PM conseguissem fugir, pois o carro já havia sido identificado.

Os agressores teriam ficado na propriedade até o amanhecer de terça-feira. Posteriormente eles teriam fugido no sentido a Ribeirão dos Cocais.

No local, eles trocaram de motocicleta e pegaram outra em troca, para continuar despistando as equipes que investigam o caso.

Os veículos utilizados na fuga foram apreendidos, e os suspeitos de dar guarida aos criminosos, presos e encaminhados à delegacia.

Os assassinos do policial militar seguem foragidos. As investigações seguem em andamento.

Você pode gostar