Brasil volta ao Mineirão para superar trauma da semifinal no estádio

Por

Brasil presente em uma semifinal no Mineirão por um torneio oficial importante. O cenário faz lembrar a fatídica derrota por 7 a 1 para a Alemanha, na Copa de 2014, e é também a circunstância da próxima partida do time. Nesta terça-feira (02/07/2019), na capital mineira, o adversário da vez será a Argentina, pela Copa América, uma oportunidade para reescrever no estádio um novo capítulo e conseguir a vaga na decisão.

A seleção brasileira reencontra o adversário mais tradicional e dentro do palco do maior fiasco da história disposto a chegar à primeira decisão sob o comando do técnico Tite. Em três anos no cargo foram 39 partidas, apenas uma derrota em partidas oficiais (para a Bélgica, na Copa do Mundo), e um retrospecto que pode até sugerir favoritismo para a seleção brasileira.

Presente na Copa de 2014, o lateral Daniel Alves descarta existir no grupo um temor em voltar a jogar uma semifinal no Mineirão. “São coisas diferentes. Uma foi na Copa do Mundo, e agora é uma Copa América. É a oportunidade de poder voltar a uma final do torneio, algo que não acontece há muito tempo. Temos que estar bastante fortes, voltar a trabalhar muito, correr bastante”, disse o atual capitão do time.

Você pode gostar