Atletas do projeto social da PM ‘Jiu-Jitsu Rotam’ conquistam 29 medalhas em São Paulo

Por

Onze atletas do projeto social da Polícia Militar ‘Jiu-jitsu Rotam’ conquistaram 20 medalhas, no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), realizado nos dias 16, 17 e 18 de julho, em São Paulo. Em menos de um mês, os alunos da atendidos pela PM, já conquistaram 29 medalhas, em duas competições diferentes.

O bom desempenho dos 11 atletas treinados por policiais militares no tatame do CBJJE, é considerado um feito histórico, pois das 20 medalhas conquistadas no competição, 10 são de ouro, cinco de prata e cinco de bronze.

Com as novas medalhas, os alunos acumulam em menos de um mês, 29 medalhas, já que na última semana de junho, eles trouxeram para Mato Grosso nove medalhas conquistadas no Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu Esportivo, também em São Paulo.

Pela primeira vez, a Rotam conseguiu levar uma grande de atletas do projeto, para lutar fora do Estado. Outro feito foi a participação dos atletas no campeonato nas categorias GI e No GI (com quimono e sem quimono), os levando a conquistar duas medalhas na CBJJE.

Dentre os medalhistas estão crianças e adolescentes entre 09 a 17 anos de idade, moradores dos municípios de Várzea Grande e em Cuiabá.   O coordenador do ‘Jiu-Jitsu Rotam’, sargento Roderiky Cardoso que acompanhou junto com mais um policial os jovens atletas destaca que os alunos atendidos pela PM, apresentaram um alto nível de rendimento.

“Essas disputas no CBJJE, exigiram muito preparo físico e emocional dos nossos atletas, a cada desafio, nossos atletas mostraram competência, cada adversário exigia de cada um deles um alto nível técnico, o que foi muito satisfatório e ficamos orgulhosos em fazem destes momentos da vida deles”, conta o sargento e treinador.

A experiência de viajar para competir e ainda ganhar medalhas no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, marcou a vida dos atletas, pois para a maioria deles, viajar de avião e desembarcar em São Paulo foi uma experiência inesquecível.

O comandante do Batalhão Rotam, tenente – coronel Paulo Cesar relata que a viagem para São Paulo foi muito especial para os atletas do projeto social, pois além de entrar em um avião pela primeira vez, eles conheceram a atleta brasileira de MMA do UFC, Amanda Lemos.

“Na hora de embarcar, no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, a breve despedida com os familiares, nos emocionou muito. É gratificante fazer parte destes momentos da vida deles e ainda mais satisfatório saber que as famílias confiam na nossa equipe e nos entregam o bem mais precioso deles, que são seus filhos e filhas”, diz o tenente-coronel.

E o próximo desafio dos atletas do “Jiu –Jitsu Rotam” já está marcado. A próxima competição dos medalhistas será uma outra fase do Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ) que ocorre entre 25 de setembro a 03 de outubro, no estado do Rio de Janeiro.

Você pode gostar