Agentes da Semob dão suporte em locais de vacinação

Por

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana – Semob – desde o início da vacinação em Cuiabá, em 20 de janeiro,  estão dando suporte no trânsito e orientando os motoristas que procuram um dos cinco  pontos de vacinação instalados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em Cuiabá.  São eles: estacionamento do Sesi Papa; Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Centro de Eventos do Pantanal,  Sesc Balneário e estacionamento da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT).

A Semob também já monta estratégia para controlar o trânsito no entorno da Assembleia Legislativa Legislativa de Mato Grosso (AL-MT). A região tem um grande fluxo de veículos no período das 7h às 8h da manhã e das 17h às 18h30 – que são os horários em que os servidores do Centro Político Administrativo (CPA) – se deslocam para irem trabalhar  ou retornarem para casa.
Para o prefeito Emanuel Pinheiro, todos os dias é um aprendizado aos envolvidos no combate à pandemia e o trabalho conjunto é fundamental.  Ele lembrou que, Cuiabá já chega a vacinar 5 mil pessoas por dia.  “Temos recebido diversas manifestações de interesse de instituições e da sociedade civil organizada em contribuir para a campanha de imunização contra a covid-19. Todos estão com esse desejo de pôr um fim a esta pandemia, que já causou tantos estragos, deixou tantas marcas dolorosas em muitas famílias, e o momento é de união. Quanto mais engajados nessa missão de levar a vacina à população cuiabana, mais cedo sairemos da situação pandêmica. Estamos imunizando a população com rapidez e responsabilidade”, afirmou.
O secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, lembra que a população deve ficar atenta ao agendamento que contém o dia e hora certa para a vacinação. “Tivemos uma experiência no primeiro drive-thru, no Centro de Eventos,  lá ocorreu uma vez, no primeiro dia, uma fila de veículos que chegou até a avenida Miguel Sutil, e foi preciso um controle do fluxo de veículos na região. E desde então, montamos um plano para orientar os motoristas para que não ocorra travamento de vias. Estamos acertando”, concluiu.

Você pode gostar