Adolescentes que respondem a atos infracionais têm internação cumprida pela Polícia Civil

Por

A Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) de Barra do Garças cumpriu nesta terça-feira (18.05) mandados de internação de dois adolescentes que respondem a atos infracionais análogos aos crimes de tortura, sequestro e cárcere privado, roubo com restrição de liberdade da vítima e roubo mediante violência e grave ameaça com emprego de arma de fogo e uso restrito ou proibido.

A representação pela prisão foi feita pelo delegado titular da DEA, Welber Batista Franco e deferida pela Justiça, que determinou a internação dos  adolescentes na unidade do Sistema Socioeducativo de Barra Garças para cumprimento das medidas.

A equipe após tomar conhecimento do ato infracional em que estavam envolvidos os dois adolescentes, ambos de 17 anos, a equipe da DEA realizou diligências para esclarecer a responsabilidade nos fatos e posteriormente, dar cumprimento à determinação judicial.

Os adolescentes foram identificados como participantes de um roubo ocorrido em uma fazenda no município de Barra do Garças, no último dia 13 de maio.

O procedimento investigativo do ato infracional já foi concluído e remetido ao Poder Judiciário.

Você pode gostar