Adolescentes desaparecidos em Sorriso são localizados pela Polícia Civil

Por

Três adolescentes, com idades entre 12 e 16 anos, que estavam desaparecidos no município de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) foram localizados pela Polícia Civil, na segunda-feira (14.12), após diligências ininterruptas da equipe de investigadores da Divisão de Homícidios e Proteção a Pessoa (DHPP).

A Delegacia de Polícia de Sorriso foi comunicada do desaparecimento dos três adolescentes, na terça-feira (08). Segundo as informações, os menores, sendo duas meninas de 12 anos e um rapaz de 16, eram amigos e planejaram conjuntamente a fuga de seus respectivos lares.

Imediatamente após a comunicação e dado a natureza dos fatos, o caso foi encaminhado à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Delegacia de Sorriso, sendo iniciadas as investigações e lançadas as ocorrências no banco estadual de pessoas desaparecidas.

O desaparecimento dos adolescentes teve grande repercussão nos meios de comunicação da cidade e após as diligências ininterruptas, os investigadores da DHPP localizaram os menores, na segunda-feira (14.12) no município de Sinop.

Os responsáveis legais foram acionados para buscar os menores e depois se apresentaram na Delegacia de Polícia de Sorriso para as providências de praxe. As investigações seguem em andamento.

Pessoa desaparecida

A comunicação de desaparecimento é realizada com o registro do boletim de ocorrência presencialmente na unidade policial, ou, através de registro na delegacia virtual (https://portal.sesp.mt.gov.br/delegacia-web/pages/home.seam).

A Polícia Civil de Mato Grosso atualmente possui o banco estadual de pessoas desaparecidas (https://desaparecidos.pjc.mt.gov.br), a qual reúne informações sobre as ocorrências de desaparecimento, e possibilita que qualquer pessoa possa consultar e fornecer informações que possam auxiliar no deslinde dos casos.

Vale salientar que, o adulto que abrigar menor de idade que fugiu de casa, sem comunicar os responsáveis ou autoridades, pode responder pelos crimes de induzimento de fuga ou subtração de incapaz.

Você pode gostar